• Higor Salles | Canal 8

Bares e restaurantes preveem a demissão de 30 mil na RMC

Abrasel autorizou estabelecimentos a reduzirem jornada e salários em 50%; setor negocia queda de impostos

Lanchonete vazia no Centro de Campinas: setor em crise (Foto: Bárbara Gasparelo/ACidade ON)

A Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) está prevendo cerca de 30 mil demissões na região de Campinas a partir da semana que vem por causa da crise causada pelo coronavírus. Segundo informou a entidade, o movimento caiu cerca de 90% em muitos estabelecimentos da região. A Abrasel vai oferecer aos funcionários redução temporária de jornada e salário, além de licença não remunerada de 30 dias. A proposta apresentada pela Abrasel RMC visa preservar empregadores que mantiverem a operação em razão da excepcionalidade e estado emergencial enfrentado durante o período de pandemia do coronavírus. "Fica desde já autorizada a redução da jornada e do salário contratual em 50%, pelo período de três meses, iniciados em 18 de março de 2020", sugere a entidade.

Para minimizar a exposição dos funcionários aos transportes públicos e ao contato com clientes, a redução de 50% da jornada se dará pela prestação de serviços em dias alternados, trabalhando o empregado um dia e folgando no seguinte e assim sucessivamente, respeitando uma folga semanal e um domingo ao mês. Caso persista o estado de emergência e seja comprovado o impacto financeiro que justifique a manutenção da redução proporcional, será autorizada a prorrogação da redução em igual período. "As medidas que o governo federal passou na segunda-feira (16) ainda não são suficientes para manter a estabilidade dos pequenos e médios negócios", explicou o presidente da entidade, Matheus Mason, referindo-se ao pacote da União que prevê o adiamento de pagamento de impostos federais. De acordo com a Abrasel, os comércios que tiveram entre quatro e 10 funcionários e que tiverem uma queda de 50% não sobrevivem mais que três semanas. "Mas já tá caindo 70%. Semana que vem muitos estarão quebrados", disse. IMPOSTOS REDUZIDO Além destas imposições, a Abrasel também vai tentar com a Prefeitura de Campinas algumas facilitações para o pagamento de impostos, como o IPTU e o ISS Em uma live no Facebook na manhã desta quarta-feira (18), o prefeito Jonas Donizette (PSB), descartou implantar medidas que aliviem a cobrança de impostos. "É justamente neste momento que vamos precisar de recursos para cuidar da vida das pessoas, para investir na saúde. Então quem puder manter impoistos em dia vai ajudar a gente", afirmou. A Abrasel RMC representa 12 mil estabelecimentos (bares e restaurantes) e emprega 60 mil trabalhadores na Região Metropolitana de Campinas.


Fonte: Acidade ON

6 visualizações

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.