• Higor Salles | Canal 8

Caminhoneiros receberão voucher para marmitex na D. Pedro I e Zeferino Vaz

Profissionais poderão retirar marmitex em seis pontos das rodovias que cortam a região; veja como fazer

A Rodovia Dom Pedro I, em trecho de Campinas (Foto: Divulgação/Rota das Bandeiras)

Os caminhoneiros que passam pelo Corredor Dom Pedro começaram a receber nesta terça-feira (14) vouchers que podem ser trocados por marmitex em seis pontos da Rod. Dom Pedro I (SP-065) e também da Rodovia Zeferino Vaz, na região de Campinas. A ação é promovida pela Concessionária Rota das Bandeiras, que concedeu a ajuda durante a crise do novo coronavírus. Em Campinas, já são 126 casos confirmados e cinco óbitos por covid-19. Há ainda 1.047 casos em investigação até a publicação desta reportagem. Segundo a Rota, a medida é uma forma de garantir o apoio do caminhoneiro, que continua escoando a produção nacional pelas vias do país. Além disso, a falta de locais abertos para a compra de refeições é um dos principais problemas enfrentados pelos motoristas. COMO FAZER A RETIRADA A retirada da marmitex poderá ser feita diariamente, no período das 10h às 21h, em cinco postos da rodovia D. Pedro I (SP-065), nos municípios de Igaratá, Itatiba, Jarinu e Valinhos; e em um da rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332), em Paulínia. Os endereços dos estabelecimentos estão nos vouchers que serão entregues aos motoristas. A Rota também atualiza, diariamente, todos os postos de serviços abertos ao longo do Corredor Dom Pedro. A lista pode ser verificada no link.

Leia mais notícias sobre o novo coronavírus do ACidade ON Campinas PONTOS Os caminhoneiros poderão retirar os vouchers em quatro pontos: nas bases do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) da rodovia D. Pedro I em Atibaia, no km 75, e Campinas, km 139; na praça de pedágio de Itatiba, no km 110, pista sul (sentido Jacareí); e no Posto Geral de Fiscalização (PGF) da rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332), no km 149, em Artur Nogueira. A entrega irá ocorrer apenas para veículos comerciais. Nestes pontos, também é possível fazer a higienização das mãos com álcool em gel e retirar aparelhos TAG, com isenção de mensalidade por até seis meses, para o pagamento automático das tarifas de pedágio. Nas bases SAU e no PGF, os motoristas podem, ainda, fazer a medição da temperatura e receber orientações dos profissionais da Concessionária sobre o coronavírus. A ação de apoio aos caminhoneiros e de combate ao coronavírus têm apoio da Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo) e do Governo do Estado de São Paulo.


Fonte: AcidadeON

2 visualizações

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.