Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.

  • Matheus Roque | Canal 8

Campinas abre processo licitatório para novo sistema de transporte público

Previsão é que as propostas de empresas interessadas sejam entregues em 16 de outubro (Credito: Divulgação)

A Prefeitura de Campinas publicou aviso de licitação para o novo sistema de transporte público coletivo do município. A publicação pode ser conferida na edição eletrônica do Diário Oficial do Município desta segunda-feira, dia 26 de agosto, na página 1. O edital estará disponível a partir do dia 29 de agosto; a entrega dos envelopes e sessão pública está prevista para o dia 16 de outubro.

A licitação para a nova concessão do transporte tem três objetivos básicos principais: criar uma nova rede de transporte; atualizar a rede, com o atendimento de novas demandas; e requalificar a operação e os veículos. O sistema será tronco-alimentado. Os ônibus que ligam determinada região ao Centro irão transitar pelos corredores, na chamada “ligação troncal”. Os diversos bairros serão ligados aos corredores por linhas chamadas de “alimentadoras”.

O município será dividido em seis áreas operacionais, proporcionando mais equilíbrio e distribuindo melhor as linhas do transporte público. Também será criada uma sétima área na região central, chamada de “Área Branca”, que terá somente a circulação de veículos do transporte coletivo movidos por energia limpa (ônibus elétricos ou híbridos). A “Área Branca” terá, aproximadamente, 3 km² e perímetro de 7 km.

Além do sistema convencional de transporte, a nova licitação também abrange a operação dos Corredores BRT (Bus Rapid Transit/Transporte Rápido por Ônibus), que somam 36,6 km de extensão. Os ônibus do BRT também serão movidos por energia limpa. Os veículos do Programa de Acessibilidade Inclusiva (PAI) também estão previstos na nova licitação.

“É mais uma grande inovação da Administração municipal. Essa é uma licitação muito complexa, que dará uma nova dinâmica ao sistema de transporte público coletivo de Campinas”, afirma o secretário de Transportes e presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Carlos José Barreiro.


Fonte: Prefeitura de Campinas

0 visualização