• Higor Salles | Canal 8

Campinas chega a 100 vidas perdidas pelo novo coronavírus


Campinas chega a marca de 100 vidas perdidas pelo novocoronavírus/Covid19. O anúncio foi feito neste sábado, pelo prefeito Jonas Donizette, numa live extraordinária que fez em sua página do Facebook. Foram três mortes registradas em menos de 24 horas: um senhor de 70 anos de idade que tinha outras doenças que faleceu no dia 2 de junho; um outro senhor de 68 anos de idade que também tinha comorbidades que faleceu dia 4 de junho e uma senhora com 72 anos de idade que estava internada na uti de um hospital público que também teve seu falecimento registrado na quinta-feira

O comitê gestor do novo coronavírus ainda investiga 28 óbitos, seis a mais do que os registrados na sexta-feira

Há dois dias da retomada programada dos serviços não essenciais, com a reabertura de shoppings, templos, igrejas, comércio de rua e outros segmentos que estavam desde o dia 25 de março sem qualquer atividade, os números do coronavírus em Campinas não param de subir, pois de sexta-feira para este sábado foram confirmados 167 casos a mais de pessoas com a Covid19, agora com 2632 confirmações.

E a escalada  dos casos em investigação não é diferente: subida o município chegou ao número de 422 casos em investigação; 511 pessoas estão em isolamento domiciliar e 171 pacientes estão internados com Covid 19 nos leitos dos hospitais públicos e privados.

Apesar de todo esse quadro, que faz a curva do coronavírus subir em Campinas, o Prefeito Municipal classificou a cidade como uma a metrópole que tem uma das menores taxas de letalidade do estado. Segundo Jonas Donizette, o índice que caiu, em duas semanas, de 4,3 pontos percentuais….para 3,7 casos confirmados para cada 100 mil habitantes, números que farão o sistema de saúde aumentar o números de leitos UTIs, que passará a contar com mais 50 vagas, passando de 130 para 180, o que deixaria apenas nove leitos vagos uma vez que hoje o sistema conta com 171 pacientes internados com a doença em Campinas.

Mesmo com este panorama,  ainda passará  valer no município, na segunda-feira, o decreto estabelecido para  retomada das atividades não essenciais, pois as autoridades sanitárias e o comitê gestor municipal do coronavírus acreditam  que a cidade poderá atingir uma nova classificação do estado de São Paulo, passando do estágio laranja para o amarelo, o que permitiria um relaxamento ainda maior na reabertura.


Fonte: CBN Campinas

2 visualizações0 comentário