Campinas ultrapassa 1000 casos de covid-19


A Secretaria de Saúde de Campinas atualizou os números do novo coronavírus nesta quarta-feira. A cidade ultrapassou 1000 casos confirmados da doença. Com 48 novos infectados, o total é de 1015 casos. 

Foi confirmada a 44ª morte por covid-19 no município. Um homem, de 65 anos, tinha comorbidades, estava internado em hospital público e veio a óbito nesta terça, 19 de maio.

O número de curados também teve aumento significativo. Mais 23 pacientes estão livres da doença, somando 761 em Campinas.

São investigados 341 possíveis casos e 23 mortes. Estão internados com o vírus 76 pacientes e outros 134 estão em isolamento domiciliar. Segundo a secretaria, foram descartados 1835 casos de covid-19 no município.

O prefeito Jonas Donizette comentou a preocupação sobre um aumento da curva no interior, como tem dito o governador João Dória.

Mesmo com a preocupação, o prefeito afirmou que pretende começar a flexibilizar o funcionamento do comércio a partir do dia 1º de junho, caso a curva não aumente.

O Governo do Estado anunciou a aquisição de 4,5 mil leitos, sendo 1,5 mil de UTI, para hospitais paulistas. Jonas diz que ainda negocia quantos virão para Campinas, mas pretende primeiro receber verba estadual para hospitais da cidade.

Nesta quinta, às 10h, a Câmara vota se haverá ou não feriado na terça e quarta-feira da próxima semana. A segunda, dia 25, será feriado estadual, antecipando o dia da Revolução Constitucionalista, em 9 de julho. 

A Prefeitura anunciou a instalação de totens nos principais terminais de ônibus com álcool gel para higienização das mãos dos usuários. 

Representando a Frente Nacional dos Prefeitos, Jonas Donizette se reuniu nesta quarta com o atual ministro da Saúde, General Eduardo Pazuello. Segundo ele, a pauta envolveu a distribuição de leitos e o assunto cloroquina não foi discutido.


Fonte: CBN Campinas

2 visualizações0 comentário