• Higor Salles | Canal 8

Campo Grande tem manhã difícil com John Boyd travada

Relatos de motoristas em redes sociais e vídeos encaminhados para a EPTV afirmam que muitos levaram mais de uma hora para percorrer trecho de um quilômetro


Trânsito parado na região do Campo Grande em Campinas. Foto: Reprodução de vídeo

Manhã difícil para moradores da região do Campo Grande que utilizam a Avenida John Boyd Dunlop para seguir até o Centro de Campinas. Um grande volume de veículos ficou parado no trânsito na região do Parque Valença. Um afunilamento do trecho por causa das obras do Corredor BRT (Bus Rapid Transit - Ônibus de Trânsito Rápido) teria causado a lentidão no local. O congestionamento se estendia até a estrada que liga a cidade à Hortolândia por volta das 7h30.

Relatos de motoristas em redes sociais e vídeos encaminhados para a EPTV afirmam que muitos motoristas levaram mais de uma hora para percorrer trecho de um quilômetro. Muita gente desistiu de esperar por ônibus e resolveu seguir a pé pelo trecho em obra e ainda sem calçada. O trânsito na via ainda atrasou a saída de ônibus no Terminal Campo Grande e muita gente seguiu a pé.   

Entre os relatos postados em redes sociais motoristas afirmavam: "Absurdo. Fizeram alteração precipitada na via e sem aviso prévio. O trânsito ficou parado por horas nesta manhã" . "Congestionamento tão grande que as pessoas desceram na Bandeirantes e foram a a pé até o Florence. Cadê as calçadas Emdec?" . "Sem condições de ir para o Centro através da Jonh Boyd Dunlop. Loucura, tudo parado", entre outros. 

A Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) foi procurada pela reportagem e informou que o trânsito segue normal para o horário no local e que não houve acidentes no trecho. A Emdec ainda informou que há interdições no trecho citado para a continuação da obras o BRT como a liberação da mão dupla da pista expressa da Jonh Boyd e bloqueio das marginais.

Fonte: Acidade ON

2 visualizações

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.