• Higor Salles | Canal 8

Cartórios registram aumento de mortes em casa


Imagem do acervo

Campinas registrou aumento de óbitos em casa de 2019 para 2020. O número subiu de 7 para 22, no caso de insuficiência respiratória, de 4 para 9, por septicemia e de 129 para 174, por outras causas. Os dados são do Portal da Transparência do Registro Civil. De acordo com Luis Carlos Vendramin Júnior, vice-presidente da Arpen – Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo, o aumento de casos de mortes em casa ocorreu em todo o estado.

Os registros de óbitos feitos pelos Cartórios de Registro Civil de São Paulo desde a primeira morte por covid-19, no dia 16 de março, apontam que 16,9% tiveram como local de morte o domicílio do falecido. Os registros de óbitos em Campinas e no Estado por  Síndrome Respiratória Aguda Grave e Insuficiência Respiratória, incluem os causados por covid-19 e outras causas, como gripe comum, por exemplo.

Eles não são, no entanto, os que mais se destacam no ranking. A maior incidência de mortes em casa foi por  outros fatores não tabulados. De acordo com Luis Carlos, o objetivo do  Portal da Transparência em disponibilizar números de óbitos segmentados por local de falecimento visa contribuir para a tomada de decisão sobre as mortes por covid-19 em todo o país. O Portal da Transparência informa ainda dados segmentados por outros locais de falecimento como Hospital, via pública, entre outros.


Fonte: CBN Campinas

2 visualizações0 comentário