Centro recebe público pequeno e poucas lojas abrem


Foto: Marco Guarizzo

A Rua 13 de Maio, principal do comércio do Centro de Campinas, teve a rotina pouco alterada depois do decreto de reabertura das lojas para vendas por drive-thru e retirada. Muitos comerciantes optaram por manter as portas fechadas nesta quarta-feira, mesmo autorizados a trabalhar com restrições. A movimentação era pequena. Moradores de rua continuam em frente aos estabelecimentos fechados. O funcionário de uma loja, que aceitou conceder entrevista somente se não fosse identificado, relata que as vendas continuam baixas.

Nem todos que foram à 13 de Maio queriam estar lá. A pensionista Elizete Pacífico foi a uma loja para pagar contas, pois não conseguiu fazer pela Internet. Mesmo sem comprar, precisou enfrentar uma pequena fila.

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, afirma que a reabertura com restrições é a única maneira de movimentar a economia e descarta, por enquanto, mudanças no decreto.

O baixo movimento não fica restrito à Rua 13 de Maio. Nas avenidas Francisco Glicério e Orosimbo Maia, muitas lojas também seguem fechadas e a procura nos estabelecimentos que funcionam parcialmente é pequena.


Fonte: CBN Campinas

2 visualizações0 comentário