• Higor Salles | Canal 8

Consumidor percebe aumento da gasolina


O preço médio da gasolina no Brasil atinge o maior valor desde março, chegando a R$ 4,40. O aumento foi de cerca de 1,27% nos primeiros quinze dias de agosto, de acordo com um levantamento da ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas.

Em março deste ano, o litro do combustível chegou a R$ 4,59 em média. Depois disso, os preços foram caindo, até voltarem a subir em junho, como reflexo da retomada das atividades econômicas, após três meses de isolamento social mais rigoroso, que gerou redução na circulação de veículos no Brasil.

Nos postos de gasolina de Campinas, os valores estavam em torno de R$ 4,00 para a gasolina e R$ 2,50, o Etanol, na manhã desta segunda-feira. Num posto da Avenida Benjamin Constant, a gasolina foi encontrada por R$ 3,88 e o Etanol, R$ 2,50.

Em dois postos da Avenida Monte Castelo, os valores estavam R$ 3,76 para a gasolina e R$ 2,36 para o Etanol. Já, em outro exemplo, na Avenida Washington Luís, a gasolina estava R$ 4,00 e o Etanol, R$ 2,50.

Para o encarregado de Farmácia, Ademir Nunes, já houve reflexo no preço dos combustíveis nos postos, tanto para a gasolina quanto para o Etanol. Para o motorista por aplicativo, Wander da Cunha, o aumento vai pesar no orçamento. No Sudeste, o maior preço foi encontrado no Rio de Janeiro, e o menor, em São Paulo.


Fonte: CBN Campinas

2 visualizações

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.