• Higor Salles | Canal 8

Corredor Dom Pedro tem 112 queimadas em um mês


Foto: Reprodução/Rota das Bandeiras

O número de queimadas nas rodovias do Corredor Dom Pedro disparou desde o período em que começa o tempo seco com o outono. A Concessionária Rota das Bandeiras registrou em maio 112 ocorrências envolvendo fogo na beira da pista. No ano passado, foram 55 queimadas no período, menos da metade.

Em 2020, há um agravante por causa da pandemia de covid-19, pois os incêndios podem potencializar problemas respiratórios das pessoas que passam pelo local.

As queimadas prejudicam também a visibilidade dos motoristas e provocam a fuga de animais em áreas rurais.

Segundo o Cepagri, da Unicamp, não choveu em Campinas durante o mês de abril e em maio o volume foi de apenas 13 milímetros, abaixo da média para o período, piorando a qualidade do ar. 

A estiagem deixa a vegetação mais seca, facilitando o início dos incêndios e a expansão das chamas. Entre os principais fatores causadores de incêndio, estão bitucas de cigarros arremessadas por motoristas, utilização de fogo para limpeza de terrenos, queima de lixo, fogueiras, queimadas não autorizadas para fins agrícolas e balões.

Segundo a Rota das Bandeiras, o período mais crítico de combate às queimadas segue até setembro. A concessionária realiza a Operação Corta Fogo, com diversas entidades, incluindo o Corpo de Bombeiros, e secretarias estaduais para conter focos.

O motorista ou vizinho que avistar uma queimada na região da Dom Pedro deve acionar o Serviço de Atendimento ao Usuário da Rota das Bandeiras. O telefone é o 0800-770-8070. O serviço é gratuito e funciona 24 horas.


Fonte: CBN Campinas

1 visualização

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.