• Higor Salles | Canal 8

Criança acorrentada em barril é resgatada pela PM, em Campinas


Uma criança acorrentada dentro de um barril de ferro foi resgatada no Jardim Itatiaia, em Campinas, no fim da tarde deste sábado, após ser encontrada por policiais militares, com as mãos e pés acorrentados. O menino, de 11 anos, era mantido em pé num barril coberto por uma telha, com uma pia de mármore por cima para impedir que ele escapasse do local onde ele também fazia as necessidades fisiológicas.

Ele foi encontrado sem roupa, debilitado e com sinais de desnutrição. O menino não tinha como sentar ou agachar-se e por isso também estava com as pernas inchadas. Ele foi socorrido por uma equipe do Samu ao Hospital Ouro Verde, onde vai permanecer internado, sob a tutela de uma tia. O Conselho Tutelar também foi comunicado sobre a ocorrência.

A PM foi ao local após denúncia de vizinhos, que perceberam que o garoto havia deixado de ir para a escola e de brincar com outras crianças do bairro. Três pessoas foram presas: o pai do menino, a namorada dele e a filha da namorada. Eles foram presos como suspeitos pelo crime de tortura. O pai da criança tem 31 anos e é auxiliar de serviços. Ele teria alegado aos policiais que prendeu o menino como forma de discipliná-lo porque ele se comportava de forma muito agitada dentro de casa.

A Polícia Civil atribuiu ao pai o crime de violência e grave ameaça, que provocaram intenso sofrimento físico e mental. Considerou ainda que a namorada dele, uma faxineira de 39 anos, e a filha dela, de 22 anos, se omitiram e nada fizeram para evitar o crime. Se o pai da criança for condenado, vai receber pena mínima de prisão pelo crime que varia de 2 a 8 anos. Já a namorada e a filha dela podem receber pena de 1 a 4 anos de detenção. A polícia arbitrou fiança de R$ 5 mil para as duas, mas não há informações sobre os pagamentos. O caso registrado na 2ª Delegacia de Defesa da Mulher.


Fonte: CBN Campinas

6 visualizações0 comentário

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.