• Higor Salles | Canal 8

Defesa diz que condenação de secretária é ilegal


A secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo de Campinas, Alexandra Caprioli, foi condenada em primeira instância pela Justiça por improbidade administrativa. Na decisão, o juiz Mauro Fukumoto sentenciou que a então diretora de Turismo da Prefeitura teria favorecido à empresa do pai dela na licitação para o evento de Natal do município, que tinha ônibus alugados por meio de concorrência.

O advogado de Alexandra, Luiz Henrique Boselli, contesta a condenação, citando a decisão do magistrado de que não houve sobrepreço ou prestação inadequada do serviço.

O dono da empresa e pai da secretária, Antônio Augusto Gomes dos Santos, também foi condenado. O advogado do empresário, Rafael Cajueiro, também vê ilegalidade na sentença.

Segundo a defesa do empresário, não há qualquer ilícito no fato de o dono da companhia ter grau de parentesco com a então diretora de Turismo da Prefeitura.

A defesa da secretária também vai recorrer da decisão judicial, assim como a defesa do pai. O advogado diz que Alexandra Caprioli não participou da licitação que teve a empresa do pai como vencedora.

Entre 2005 e 2010 e de 2013 a 2015, o ônibus double-decker, de dois andares, que pertence à empresa, foi utilizado nas carreatas de Natal contratadas pela Prefeitura, sendo alugado aos vencedores da licitação. Com a decisão da Justiça, caso seja confirmada nas próximas instâncias, Alexandra Caprioli e o pai perdem direitos políticos e são obrigados a pagar multa aos cofres públicos.


Fonte: CBN Campinas

3 visualizações

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.