• Higor Salles | Canal 8

Estudo da Unicamp produz biomaterial para regeneração de ossos

A membrana é um tipo de rede muito fina, estruturada para permanecer temporariamente no corpo

Biomateriais são desenvolvidos em laboratórios e comumente utilizados na área da saúde (Foto: Divulgação/Unicamp)

Um estudo da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) conseguiu produzir um novo biomaterial que apresentou resultados promissores para futuras aplicações na regeneração de tecidos ósseos. O desenvolvimento foi relatado em artigo publicado neste mês na revista Journal of Applied Polymer Science.

O estudo foi realizado em conjunto entre a Faculdade de Ciências Aplicadas da Unicamp, o Laboratório de Ciência e Tecnologia de Polímeros e o Laboratório de Biotecnologia.

Segundo os pesquisadores, este é o primeiro passo de uma investigação científica que exige mais investimento para novos testes, inclusive em animais e humanos, até que o produto possa chegar ao mercado.

Trata-se de uma nova membrana de poliuretano e apresentou boa interação com células envolvidas na formação dos ossos do corpo humano. A membrana é um tipo de rede muito fina, estruturada para permanecer temporariamente no corpo.

O biomaterial dá suporte para o crescimento de novas células até a completa regeneração do tecido e vai se degradando ao longo do processo, até desaparecer completamente.

Biomateriais são desenvolvidos em laboratórios e comumente utilizados na área da saúde para substituir total ou parcialmente tecidos ou órgãos do corpo humano que tenham perdido suas funções. Os mais comuns atualmente são os polímeros e os metálicos, já que também são capazes de estimular a regeneração de um tecido danificado. 

Com informações da assessoria de imprensa


Fonte: Acidade ON

0 visualização

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.