Ex-técnico de Guarani e Ponte, Carbone morre aos 74 anos


Morreu na noite deste domingo, 27, o ex-técnico do Guarani e da Ponte Preta e ex-volante da seleção brasileira, José Luiz Carbone. Ele tinha 74 anos e não resistiu a um câncer hepático descoberto no início de dezembro. Carbone estava internado desde a última quarta-feira, 24, no Hospital Mário Gatti.

Carbone começou a carreira como jogador de futebol no São Paulo, em 1964, mas brilhou no Internacional, onde foi pentacampeão gaúcho. O sucesso na carreira o levou a seleção brasileira, quando foi pré-convocado para a Copa de 1974. No fim ele acabou cortado e não foi ao Mundial. Ele também teve uma rápida passagem pela Ponte Preta.

Como treinador, comandou mais de 30 clubes, sendo campeão carioca de 1983 pelo Fluminense. Ele foi treinador do Guarani por quatro vezes, onde foi vice campeão paulista em 1988 e conquistou o acesso à elite paulista em 2007. Na Ponte, foi treinador nos anos 80 e dirigente no final da década de 2000.

Carbone atuou nós últimos anos como comentarista esportivo da Rádio Brasil.

Ainda não há informações sobre o velório e o enterro.


Fonte: CBN Campinas

1 visualização0 comentário