• Higor Salles | Canal 8

Guarani reconhece futebol fraco contra o lanterna São Bento

O técnico Thiago Carpini reconheceu que faltou algo mais para o Guarani vencer o São Bento no sábado


São Bento e Guarani se enfrentaram na tarde deste sábado (Foto: Neto Bonvino/Bento TV)

O Guarani não conseguiu quebrar um tabu de 29 anos contra o São Bento e ficou no empate por 1 a 1 com o lanterna da Série B no último sábado (26). O técnico Thiago Carpini que o nível da partida foi fraco.

"A gente vai ver a diferença que esse ponto vai fazer lá na frente. A gente soube competir o jogo, igualou na disposição, os erros aconteceram dos dois lados. Eu prefiro valorizar o ponto, manteve a distância do Z-4. Quanto maior a distância para o Z-4, melhor. Um ponto agora vale ouro. Uma derrota colocaria mais um time na briga direta. Esse grupo tem lutado demais", afirmou.

Nos últimos 34 anos, o Guarani visitou o São Bento em nove oportunidades e o máximo que conseguiu foi empatar cinco vezes, além de perder outras quatro. A última vitória alviverde na casa do Bentão foi em 29 de junho de 1985.

"Estamos caminhando para a reta final, e isso leva a tomar alguma decisão errada. Na briga pela sobrevivência, como é o caso do São Bento, todo mundo se supera, você tira forças de onde nem imagina. Enfrentar adversários na parte de baixo da tabela é mais complicado. O gramado também não favoreceu, a bola muito viva. Concordo que não foi um bom jogo tecnicamente, mas o time competiu e fizemos um ponto importante", disse.

O resultado interrompeu uma série de duas derrotas do Guarani, mas ampliou para três jogos o jejum de vitórias. O Bugre chegou aos 36 pontos e está na 14ª colocação.


Fonte: Acidade ON

2 visualizações

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.