• Higor Salles | Canal 8

Inverno deve ser quente e seco na região


O inverno na região de Campinas deve ter temperaturas mais altas do que a média histórica e registrar menos chuvas. A previsão é da meteorologista do Cepagri da Unicamp, Ana Ávila, que projeta uma estação mais seca em 2020.

Com isso, prevê termômetros acima da mínima de 13ºC e da máxima de 26ºC e chuvas abaixo do índice anual de 134,5 milímetros.

“Temperaturas de até 1,5ºC acima da média. Há possibilidades de massas de ar frio, mas menor. Nós teremos chuvas, mas o volume será abaixo da média histórica. Então, teremos um inverno ligeiramente mais seco e mais quente”, detalha Ávila.

Com previsão de clima mais quente, o inverno começou no último sábado, dia 20, e segue até 22 de setembro, terça-feira. A temperatura mais alta, porém, segue a tendência do fim do outono, que teve uma média baixa na comparação com outros anos.

As médias da estação que acabou, conforme o Cepagri, são de 17ºC de mínima e 28ºC de máxima. A média nos últimos meses, porém, foi de 14,9ºC e 26,6ºC.

“O início da estação foi marcado por temperaturas de normal a ligeiramente abaixo. Sobretudo pela entrada de uma intensa massa polar em maio, que provocou um declínio. Só que no final de maio e no começo de junho, ficaram acima” afirma.

No balanço pluviométrico, o outono também ficou abaixo. Foram 83 milímetros registrados, 49% do total esperado de 169,2 milímetros. O mês de abril foi o mais seco e as precipitações aconteceram no final de março e de maio por conta da passagem de frentes frias pela região.


Fonte: CBN Campinas

1 visualização0 comentário

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.