• Higor Salles | Canal 8

Observatório da PUC diz que pandemia segue crescendo


A Semana Epidemiológica do Observatório PUC-Campinas, com base em dados da Fundação Seade, mostra que a curva da covid-19 na Região Metropolitana de Campinas continua crescendo.

Mesmo com o Departamento Regional de Saúde 7, que abrange a RMC e as regiões de Jundiaí, Bragança Paulista e Circuito das Águas, progredindo para a fase laranja do Plano São Paulo do Governo do Estado, os números até sábado, 25 de julho, registram 68% a mais de casos, passando de 6,6 mil e 20% mais mortes pela doença, com 197 no período analisado.

O infectologista André Giglio Bueno, médico e professor da PUC-Campinas, explica que houve uma concentração de confirmações, que fez os índices saltarem também com casos mais antigos.

A aplicação de testes de covid-19 foi amplificada no Estado de São Paulo e na RMC. Mesmo assim, o infectologista acredita que os casos podem continuar subindo, mas existe estabilidade baseada na ocupação de leitos de UTI.

Na fase laranja, o comércio volta a funcionar com restrições. Para André Giglio Bueno, caso os protocolos de segurança não sejam cumpridos, os casos da doença devem aumentar mais uma vez em Campinas e nas cidades vizinhas.

Até 25 de julho, as 20 cidades da RMC somadas registraram mais de 33,5 mil casos confirmados e 1.142 mortes, com taxa de letalidade de 3,41% e 36 óbitos por 100 mil habitantes. A média da última Semana Epidemiológica apontou uma média de 900 confirmações por dia na região.


Fonte: CBN Campinas

1 visualização0 comentário

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.