Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.

  • Higor Salles | Canal 8

Pacientes aprovam novo PS do Ouro Verde, mas relatam demora


Foto: Valéria Hein

Após a entrega das reformas na última quinta-feira, o PS do Hospital Ouro Verde apresentava situação tranquila na manhã desta segunda-feira. A maioria dos pacientes demonstrou satisfação com as novas instalações climatizadas e com quase o dobro do tamanho, com sala de espera mais confortável. A paciente, Joana de Barros, no entanto, saiu revoltada do Hospital, afirmando ter permanecido no local das duas às oito da manhã por causa da demora no atendimento, mesmo com o PS quase vazio. “Eu estava com muita tosse, muita falta de ar. Outros pacientes estavam desde as 23 horas de ontem. Eram 3 horas e ninguém tinha sido chamado, mesmo com o PS vazio. Aí quando a gente chamou a polícia, atenderam a gente”, afirma. Outra paciente, Shirley dos Santos, no entanto, conta não ter enfrentado problemas. “Hoje foi tranquilo, todo mundo foi atendido e não tinha muita gente”, afirma. Simone de Lima Silva também foi atendida rapidamente. “Não tive problemas. Tudo foi rápido. Fui atendida em 20 minutos”, disse.

Na manhã desta segunda-feira, os três clínicos escalados para o horário estavam trabalhando normalmente. A Rede Mário Gatti informou que entre meia-noite e 6 horas da manhã desta segunda-feira, 180 pacientes foram atendidos no Pronto Socorro Adulto do Hospital Ouro Verde e que a paciente que fez a reclamação abriu ficha às 2h43 e foi chamada para classificação de risco após 20 minutos e recebeu uma classificação verde. Ela foi atendida e medicada e às 5h37 já havia passado por estas fases. Esclareceu que não procede a queixa da paciente visto que ela não era um caso prioritário e mesmo assim realizou todos os procedimentos em três horas. O PS foi ampliado em 90 metros quadrado, onde são atendidas 700 pessoas por dia.


Fonte: CBN Campinas

0 visualização