• joaoferreira05

Queda na distribuição afeta venda de botijões de gás

As revendedoras de botijões de gás em Campinas têm trabalhado com estoque limitado para entregar ao consumidor final. A reportagem da CBN percorreu alguns pontos de venda em diferentes locais da cidade e os comerciantes atestam que as unidades têm chegado em menor quantidade por causa do envase do produto nas distribuidoras. Mário Corrêa, funcionário de uma unidade no bairro Vila Nova, diz ainda que os botijões são entregues com atraso às revendas.

Uma revendedora no Jardim Campos Elíseos trabalha atualmente com menos de um terço do estoque dos dias considerados normais. O proprietário do local, Helge Alves Drummond, vai até Paulínia buscar gás na distribuidora, pois trabalha na loja física e também com entregas em domicílio. Segundo o comerciante, o problema está na quantidade engarrafada, e não na liberação do produto.

Uma informação recebida pela produção da CBN Campinas dava conta de que os caminhões das distribuidoras de gás teriam dificuldade de sair para repasse às revendas. Helge Drummond negou a informação. O dono do estabelecimento afirma que pretende manter o quadro de funcionários, mas não descarta fazer cortes caso os botijões não cheguem à loja.

Apesar da quantidade limitada, o preço do botijão de gás ao consumidor final se mantém estável em relação ao período em que não havia problema de distribuição. A unidade é vendida por cerca de R$ 70. Mesmo com a diminuição do engarrafamento dos produtos, a assessoria de imprensa da Petrobras afirmou à produção que não há risco de desabastecimento de gás.


Fonte: CBN Campinas

2 visualizações

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.