• Higor Salles | Canal 8

Terceirizada da Unicamp não paga ex-funcionários


Imagem cedida pela CBN Campinas

Ex-funcionário da empresa que presta serviços de segurança à Unicamp, Glauder Dias foi demitido e não sabe quando vai receber as verbas rescisórias. O problema se arrasta desde o início do ano e é de conhecimento da instituição.

Ele está há três meses desempregado e não consegue “bicos” por conta da pandemia de coronavírus. Por isso cobra o pagamento das quatro parcelas da rescisão que foram prometidas e diz que não é o único a enfrentar a situação.

“Cumprimos nosso aviso, a empresa fez a homologação e alegou que a rescisão ia ser parcelada em quatro vezes. Mas até agora não foi pago nenhum centavo pra gente e, quando a gente vai reclamar, alega que está sem dinheiro”, relata.

Sérgio da Silva também é outro que reclama da incerteza. Ele trabalhou quase dois anos e meio na empresa, questiona uma parte do valor que recebeu, assim como o restante da verba que alega ter direito e cobra ao menos uma satisfação.

“Os 40% do FGTS eles não pagaram, porque só deram o papel pra liberar sem a multa. Mas como eles têm dinheiro pra pagar os funcionários? Porque todo mês quem trabalha está recebendo. Por que mandaram a gente embora, então?”, diz.

Além de entrar em contato frequente com a Strategic Segurança e Serviços, o grupo de trabalhadores demitidos também procurou o Sindicato dos Trabalhadores da Unicamp, que chegou a enviar ofício à universidade estadual.

No documento que a reportagem teve acesso, o STU enumera os direitos e valores que não foram pagos. Entre eles, além das rescisões, incluiu a falta do pagamento de férias, folgas trabalhadas, vale-transporte e ainda cestas básicas.

A entidade que representa os trabalhadores da Unicamp foi procurada, mas não enviou resposta. A empresa prestadora de serviços também foi questionada pela produção, mas também não se manifestou até o fechamento desta reportagem.

Já a Universidade Estadual de Campinas, que alega fazer os repasses adequados à terceirizada, se posicionou através de nota. No comunicado, diz que já fez e ainda faz contatos com a empresa Strategic para que regularize essa situação.


Fonte: CBN Campinas

4 visualizações

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.