• Higor Salles | Canal 8

Unicamp divulga retorno presencial em etapas


A Unicamp definiu o cronograma para o retorno dos servidores, professores e alunos às atividades presenciais. A instituição justificou a elaboração do plano pelas recentes melhoras nos índices da covid-19 no estado. O retorno se dará progressivamente, e priorizará alunos concluintes, e que necessitem desenvolver atividades cuja presença nos campi seja imprescindível. As atividades que puderem serem desempenhadas de forma remota seguirão sendo incentivadas.

Está prevista a testagem de todos funcionários, professores e alunos antes do retorno, e serão tomadas medidas como apresentações de videoaulas de conscientização sobre medidas necessárias para evitar o contágio, uso obrigatório de máscaras, e incentivo ao uso de um aplicativo para auxiliar no controle de sintomas da covid-19.

O retorno foi dividido em seis períodos, com intervalos de duas semanas entre cada etapa.

– Na primeira etapa, em 19 de outubro, retornam 20% dos servidores.

– Na segunda, em 2 de novembro, o número passa para 40%.

– Na terceira, em 16 de novembro, é previsto que 60% dos servidores trabalhem presencialmente, e terá início o retorno de alunos, com 25% de alunos de graduação, pós-graduação e extensão, além de 25% de crianças atendidas pela escola de educação infantil do Campus.

– Na quarta fase, em 30 de novembro, é previsto 80% dos servidores, e 50% dos alunos e crianças.

– Na quinta fase, em 14 de dezembro, 100% dos servidores estariam de volta, além de 75% dos alunos e crianças.

O plano será interrompido durante duas semanas para o recesso de final de ano, entre 23 de dezembro e 4 de janeiro.

– E em quatro de janeiro é previsto o retorno de 100% dos servidores, alunos e crianças, na sexta fase.

Depois disso, está prevista para 18/01, uma mudança de fase no plano de retomada gradual das atividades, avançando para a fase 3. Apesar do plano prever a volta de todos em 4 de janeiro, a Unicamp afirma que o retorno integral ocorrerá apenas quando houver uma vacina ou outra medida científica eficaz para o controle da pandemia.

A Unicamp estima que 46 mil pessoas componham as comunidades nos campus de Campinas, Limeira e Piracicaba.


Fonte: CBN Campinas

3 visualizações

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.