• Higor Salles | Canal 8

Vai pegar estrada? Confira os horários de pico e evite

A expectativa é que pelas estradas da região de Campinas passem cerca de 1,5 mil veículos até o próximo domingo


Movimento maior está previsto para começar a partir da tarde de hoje. Foto: Denny Cesare/Código 19

Quem vai pegar a estrada para aproveitar o último feriado prolongado do ano, amanhã dia 15 é feriado da Proclamação da República, deve ficar atento aos horários de maior movimento previsto pelas concessionárias nas rodovias e evitar.

A expectativa é que pelas estradas da região de Campinas passem cerca de 1,5 mil veículos até o próximo domingo.

O horário de maior movimentação começa hoje a partir das 13h e segue até 21h. Amanhã, o movimento já deve ser intenso a partir das 8h até às 14h. No domingo o maior fluxo de veículos deve ficar entre 11h e 22h.  

A CCR AutoBAn, concessionária que administra o sistema Anhanguera-Bandeirantes, espera a circulação de aproximadamente 720 mil veículos nas duas estradas até domingo.

No corredor D. Pedro, a concessionária Rota das Bandeiras, espera a passagem de 620 mil veículos nas cinco rodovias que formam o sistema viário.  

O maior movimento deverá ficar concentrado na Rodovia D. Pedro I (SP-065), que serve como ligação entre a RMC (Região Metropolitana de Campinas) e as praias do Litoral Norte do Estado de São Paulo. Pela via, são esperados 424 mil veículos.  

Na Rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332) também deve receber um volume elevado de tráfego. São esperados 98 mil veículos no local. Segundo a AB Colinas, cerca de 552 mil veículos devem passar pelas rodovias Castello Branco, SP-075, SP-127, SP-300 e SPI-102/300.

Já a expectativa da Renovias, na praça de pedágio localizada no quilômetro 123 da Rodovia Governador Adhemar Pereira de Barros (SP-340), (sentido Campinas-Jaguariúna), são esperados cerca de 100 mil veículos.  

Na quinta e na sexta-feira, os serviços meteorológicos alertam para a grande chance de chuvas com trovoadas. "Os motoristas devem tomar cuidados ao dirigir, redobrando a atenção e reduzindo a velocidade, mantendo um maior espaço do veículo à frente, já que que, com a pista molhada, é necessária uma maior distância para frenagem", comenta o coordenador de tráfego da Renovias, Alexandre Bueno da Silva.  

Se as chuvas ficarem mais intensas, a recomendação é parar em uma área de refúgio (postos de serviços) na rodovia e aguardar até que as condições melhorem para seguir viagem. "Além das revisões no veículo, nesta época, enfatizamos a necessidade da verificação das condições dos limpadores de para-brisa e a utilização do cinto de segurança pelo motorista e pelos passageiros, que pode protegê-los em caso de acidentes", disse Bueno.


Fonte: Acidade ON

0 visualização

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.