• Higor Salles | Canal 8

Valinhos recua e fecha comércio não essencial


O Prefeito de Valinhos, Orestes Previtale Júnior anunciou, nesta segunda-feira, que a partir desta terça-feira, permanecerá aberto apenas o comércio essencial no município. A decisão foi tomada depois de uma reunião com representantes da Vigilância Sanitária. 

O aumento nos casos registrados de covid-19 nos últimos dias e a elevada taxa de ocupação de leitos de UTI levaram os técnicos da Secretaria da Saúde a determinarem a ampliação do isolamento social. Na Santa Casa, que é a referência para atendimentos pelo SUS, não há mais vagas para internação de pacientes com quadros mais graves da doença, em UTI. Em um comunicado feito nesta segunda-feira no perfil da prefeitura no Facebook, o prefeito comentou que em 15 dias dobrou o número de casos de internados e infectados pela covid-19.

Atualmente, Valinhos tem 321 casos da doença e 14 mortes registradas. Outros 217 casos suspeitos aguardam resultados de exames.  Desde o último dia primeiro de junho, a cidade tinha evoluído da Fase 1 para a Fase 2 do isolamento  no Plano São Paulo e alguns setores da economia estavam liberados para trabalhar, desde que cumprissem uma série de regras impostas pela Vigilância Sanitária. O prefeito criticou comerciantes e também  moradores de Valinhos que abusaram, na visão dele, da flexibilização.

De acordo com informações da prefeitura, entre os flagrantes mais comuns neste período, esteve  o desrespeito aos horários de funcionamento, restritos a 4 horas de expediente por dia e a quantidade máxima de pessoas nos estabelecimentos. 


Fonte: CBN Campinas

2 visualizações

Canal 8 Campinas Copyright © Todos os direitos reservados.